Música: meus últimos shows

2 de agosto de 2016

Os três últimos shows que eu fui e não teve um relato aqui.




Pearl Jam.
Ano passado a banda voltou ao Brasil, e o show no Rio de Janeiro foi em novembro, no Maracanã. A última vez que a banda tinha vindo ao Brasil tinha sido em 2011, mas eu não consegui ir no show e desde então esperava a próxima vinda que eu não perderia por nada. Pois bem, fomos eu e minhas irmãs e foi incrível. Um dos melhores momentos pra mim foi quando tocaram Better Man, porque cara, desde que ouvi pela primeira vez ela ao vivo na Madison Square Garden que eu sonho em viver aquilo hahahahaha. Tocaram todas as músicas que eu queria e foi simplesmente maravilhoso.


Mumford and Sons. 
Se um dia você já ouviu o álbum desses caras então com certeza você já quis no show deles. Eu amo o estilo folk deles e até mesmo o último álbum (ou penúltimo já que eles lançaram o  There Will Be Time com o Baaba Maal) que tem uma pegada para o rock, com a guitarra e tudo mais, continua com seu pé no folk e continua muito bom. Era uma banda que sempre pensava "quando vocês virão ao Brasil, pelo amor de Deus?" e eles vieram. E foi tudo o que eu imaginava. Foram eles mais Florence and The Machine na mesma noite, e creio que a maior parte do público estava lá pela Florence, então eu e Ester éramos as que mais gritavam as músicas, pulavam e suavam ali na área onde estávamos, acabamos o show suadas com blusa amarrada na cintura e meio que sem voz, traduzindo: acabamos o show maravilhadas. Foi bom demais.


Silva.
Então, o Silva. Só se explica sentindo (indo no show), mas vou ser legal e tentar falar aqui.
Eu fui pela primeira vez no show dele ano passado, nem queria, mas fui para acompanhar a little sis Debs, e meu Deus, foi incrível, sempre falo brincando que foi um retiro espiritual para a minha alma. Porque foi mesmo. Eu sai do show não querendo que ele fosse prolongado, mas sim querendo ver e ouvir tudo de novo, igualzinho. Amigos, foi a primeira vez que senti isso ao sair de um show. Você sai de um show maravilhada, querendo um pouco mais, querendo ir em um próximo show da banda quando eles voltarem, mas não querendo entrar de novo e ver tudo exatamente de novo. 
Foi incrível. Muito mais do que eu esperava. Eu só queria saber PELO AMOR DE DEUS quando esse menino vai fazer outro show? Daí ele lançou seu mais recente álbum, o Júpiter, e MEU DEUS LIBERA AS DATAS DOS SHOWS. Ele liberou, tinha Rio, e eu fui. Comprovei que minha alma precisa de um retiro espiritual chamado Show do Silva anualmente mesmo.
É uma experiência sensorial muito gostosa o show desse cara, é uma harmonia incrível em cima daquele palco, de som, de voz, de cores, de luz, de tudo.
No final ainda falamos com ele, e meu Deus que abraço gostoso esse homem tem, e obviamente um amor de pessoa (e devidamente de esquerda, risos), então só consigo amar mais ainda.

Ps.: coloquem pra tocar "Um Girassol da Cor do Seu Cabelo - Silva" e sejam felizes.


You Might Also Like

1 comentários

  1. Sabe que eu nunca fui num show? Tenho as coisas de ansiedade e enxaqueca e é mais perigoso eu ir do que é triste ficar em casa. Mas se tem uma banda que eu tenho certeza que o show deve ser pra lá de mágico é Mumford and Sons.
    E não conhecia Silva, vou procurar agora!

    ResponderExcluir

Instagram

Blog Archive