Fotografia

Projeto das lindas: significado

sábado, fevereiro 28, 2015

Mais um post do Projeto das Lindas e mais um desafio para a minha pessoa. Preciso confessar que eu sou péssima em compôr foto e tirar foto montada. Exatamente o que era preciso nesse post, já que precisava fotografar objetos com significado para mim. Eu morro de preguiçar também, mas uma das propostas do projeto é fazer a gente sair da nossa zona de conforto. O que, também preciso confessar, não aconteceu muito nesse mês, já que tirei as fotos em cima da hora e saiu o que deu. Ou seja, não gostei muito do resultado, mas é o que temos. Então, vambôra?


Cordão com moeda japonesa que ganhei da Yume e tem boas lembranças, bons sentimentos, boas histórias.


Essa panelinha de pedra-sabão trouxe para mamãe (o nome dela ai na frente) direto de Outro Preto. Está aqui representando todos os souvenirs acumulados dentro dessa casa. Os objetos que já trouxe de viagens para alguém aqui de casa, ou as coisas que amigos trouxeram para mim quando viajaram. Todos com algum significado, sem dúvida. Em especial o carinho que cada um teve por lembrar de mim no meio de uma viajem, ou o carinho que tenho pela minha família e parei para comprar algo para eles.



Eu sem perceber fui criando uma pequena coleção de canecas, e acabou que cada uma tem uma história ou um detalhe por detrás.
Da esquerda para a direita, essa preta é uma daquelas canecas grandonas a la Friends, sabe? Eu sempre desejava uma quando via a séria, dai entrei em uma loja, a vi, e trouxe pra casa, para dizer que tinha meu canecão. Não a acho bonita mas tenho apego. A segunda, essa verde linda, foi mamãe que comprou. Ela comprou uma caneca para cada um aqui em casa um dia e trouxe essa verde para mim. Sendo que desejava muito uma caneca verde e não poderia ser num tom mais bonito. A próxima desenhada, é o Tom e a Darley, ganhei no casamento deles esse ano porque fui madrinha. Linda né? Darley que fez o desenho. A do MINOM eu tomo café todo dia de manhã, porque estou com sono e essa tonalidade dark dela me representam bem de manhã tendo que sair de casa enquanto queria estar morta dormindo (sério). Eu ganhei na conferência deles que rolou lá em Cuba, também não acho bonita, mas também tenho apego, porque é o MINOM e porque é de Cuba. Essa de Super Irmã é muito fofa! Ganhei da irmã Débs como presente de amigo oculto que rolou aqui em casa, me apaixonei na hora e costumo usar para beber meu toddy em momentos alegres, porque representa meu humor também ~risos~. Por fim, a última, que trouxe de Cuba. Comprei na última cidade que passei, Trinidad, tinha uns trocados sobrando e decidi investir mesmo morrendo de medo de quebrar no vôo da volta. Porque eu até já tinha meu canecão de Friends, mas não amava então precisava de outra que pudesse amar por completo. 






Por fim, um quadro do Kandinsky. Porque sim amigos. Representando todo meu amor por esse campo das artes, as artes plásticas e em especial à arte moderna, que é meu estilo preferido.
E é com muita felicidade que posso deixar o Kandinsky representar isso aqui, porque ele tem um significado imenso para mim exatamente por ser considerado o pai do abstracionismo e mesmo que eu sinta uma culpa por usar esse termo ~pai do abstracionismo~ eu o uso mesmo assim, porque acho que ele merece.


Poucas fotos dessa vez, mas prometo que quando for tema ao ar livre eu fotografo mais, e nos próximos que forem desafiadores assim eu tento ser mais criativa nas fotografias!

Tag

Tag: Irmãs

sexta-feira, fevereiro 13, 2015
Olha só quem resolveu gravar vídeo, pois é.

No início as pessoas criavam blog e escreviam sobre coisas triviais do dia-a-dia. Nessa época nossa felicidade era colocar imagem dos nossos filmes preferidos estampando o início do post.
Com a tecnologia cada vez mais próxima de nós, fomos criando paixão por fotografar e lotar nossos blogs com imagens feitas por nós mesmos. Até que nossas câmeras além de tirarem ótimas fotos passaram a filmar em uma qualidade razoável. Junto a isso fomos criando mais cara de pau nesse mundo chamado internet e começamos a gravar vídeos além de só tirar foto. (Isso tudo by mente de Sarah Braga).

Nunca passou pela minha cabeça gravar vídeo, simplesmente porque não. Minha coisa sempre foi escrever. Vir aqui quando desse na telha, ou quando eu tivesse engasgada precisando desse espaço.
Mas tanta gente legal, de blog que leio há anos, gravou um vídeo aqui e outro ali, e eu fui vendo e conhecendo mais quem estava por trás de cada endereço, layout e posts e fui curtindo.
Então eu e minhas irmãs Débs, dona do Ensaio Sobre Mim, pensamos, por que não? Então cá estamos nós.

Para começar decidimos gravar juntas, que facilita tudo né migos? E optamos também por essa tag, que pelo o que vi já é bem antiguinha mas achamos ser a melhor para o primeiro vídeo, já que as duas têm blog, somos irmãs e tudo mais.





A dúvida que fica é: somos como vocês, que costumam ler a gente, imaginam? Muito diferentes? E a voz? hahahahaha

A gente gostou, então deve sair mais vídeos, para a tristeza ou felicidade de todos.
Como esse é o primeiro, a qualidade e edição é isso aí mesmo. Nossas primeiras montagens no photoshop também não eram das melhores haha.

Filme

Revelei

terça-feira, fevereiro 03, 2015

Tirei essas fotos no decorrer de 2014, e mesmo que só seja possível tirar 36 fotos (no máximo, e nunca saem as 36) leva-se tempo até tirar todas. 
A relação com câmera analógica é diferente da relação com a digital. Enquanto na segunda você bate quantas quiser e depois apaga 70% delas, com a primeira você pensa tanto antes de bater que raramente você acha que vale o registro. Sendo assim o filme se estende junto à você por um bom tempo. Meses... 
Até que finalmente trava. não tem como rodar mais e é preciso levar para revelar.


Eu amo fotos do dia-a-dia, especialmente analógica. Então algumas fotos não são de grandes momentos, mas são de pequenos momentos que olhei, achei bonito e registrei.



Essas fotos foram tiradas com a minha Trip 35 com um filme da FUJI já vencido. Acontece que a câmera está com o fotômetro ruim, e não há como consertar por conta do mineral que ele é feito. Sendo assim, fica um efeito diferente nas fotos. Uma áurea branca e não uma luz equilibrada. Não sei se gosto, mas insisto em usar a câmera.










Instagram