Sopro dos sopros

2 de maio de 2012

Isso é vaidade, tudo é vaidade. O ontem se foi, o agora está indo, o amanhã logo irá. Há milhares de anos o sábio havia proferido essas palavras, agora é minha vez. Eu te entendo camarada! Ah eu te entendo, agora entendo como o mundo é vaidade. Mas não caiamos no ceticismo! Mas quem negará que daqui a um tempo 5 anos se tornará apenas milésimos de segundos, um momento de um todo? Se é que isso não seja ainda muito para o que esses 5 anos irão realmente se tornar. Se pudéssemos ver a história de fora (ah de fora! O sempre de fora! O sonhado de fora!) veríamos o que isso realmente é: uma parte. Um período, um momento, vaidade. Mas novamente, por favor, não caiamos no ceticismo.

“Vaidade de vaidades! - diz o pregador, vaidade de vaidades! É tudo vaidade” (Eclesiastes 1.2).

You Might Also Like

0 comentários

Instagram