Não quero ser adulto.

28 de janeiro de 2011

Primeiramente, uns avisos importantes : neste post haverá generalização, e é óbvio que em toda regra existe exceção e talvez você conheça alguma nesse caso. E haverá momentos de puro clichê.

Dia 25 fiz aniversário minha tia querida, me ligou :
- Parabéns Sarinha! Feliz aniversário que Deus te abençõe e você continue sendo essa menina alegre, sorridente e feliz como você é.

E aí é que está tudo !

A todo tempo esta ocorrendo mudanças ao nosso redor. As pessoas mudam constantemente, eu mudo constantemente e preciso dizer, amo isso! Mudanças que nos fazem ser melhores sempre são bem-vindas, mas porque então as pessoas mudam pra pior, sabe, se transformam em adultos ?

Você conhece adolescentes, eles são feliz, alegres, brincalhões, sorridentes, divertidos.
Você conhece adultos, eles são sérios, estressados, reclamam demais, vivem gritando com os filhos, com a cara fechada e correndo. ( Disse logo no início do post, estou generalizando. )
Porque será que ocorre essa mudança? Vivo a me perguntar isso.

Uma vez perguntei ao meu pai, porque que depois que as pessoas casam, morre a paixão. Ele respondeu que não é que morreu a paixão, é que o relacionamento amadureceu. Ué, e depois que amadurece tem que ficar sério do jeito que fica os relacionamento das pessoas casadas ?
Você vê dois adolescentes juntos, você vê com facilidade também o amor deles dois.
Você vê duas pessoas casadas juntas, depois de alguns anos, se torna mais difícil você vê o amor deles dois.

Eles passam a se tratar de forma mais seca e direta, antes, no namoro, ainda tinha aquela da conquista né, tenho que conquistar meu amado, logo eu tenho que pensar no que ele quer ouvir, tenho que pensar em como agrada-lo, depois que casa isso morre, porque céus porque? A conquista continua, e com o corre corre do dia-a-dia deveria é aumentar. Deve-se tentar conquistar o parceiro todo dia, para renovar o amor e junto a paixão.

Isso é só uma parte.
Os adultos tendem a levar a vida de uma forma mais séria. É claro que não deve-se brincar e sorrir a todo tempo, há momentos que pedem que sejamos mais sérios, e falamos de forma mais direta e seca. Porém como eu disse há momentos, de uma forma geral não devemos ser assim. E os adultos são.
É claro que eles por terem responsabilidades a mais do que nós, tendem a ser mais sérios do que nós adolescentes, boa parte dessas responsabilidades pedem para que eles sejam mais sérios. Porém elas não ocupam a maior parte do dia-a-dia deles, e sim uma pequena parcela. Então ao todo, teriam que continuar com o bom humor que sempre tiveram.
Para alguns pedir para ter um humor depois de um dia cheio de obrigações e afazeres cansativos é pedir muito. Não creio que seja.
De uma forma geral - tem certos pontos e deveres que fogem disso - você faz as obrigações e tarefas que você mesmo escolheu anos anteriores. Tem a profissão que você lutou para conseguir, tem a esposa que você escolheu, e os filhos que um dia você sonhou ter. Coisa aqui coisa lá que não foi controlada por você. Se você reclamar a todo tempo de ter que fazer as pequenas coisas que mantém essas suas escolhas, não irá mudar o fato de ter que faze-las.
Estou querendo dizer. Você precisa pegar um ônibus cheio e de manhã cedo para trabalhar. Você
precisa ir comprar o pão todo dia para seus filhos tomarem café da manhã. Ficar na fila do banco para pagar as contas. Passar no mercado depois de um dia cansado de serviço. Arrumar ânimo para brincar com os filhos depois de um dia cansativo.
São 'obrigações' que não irão mudar, por mais que você se estresse, por mais que você reclame, por mais chato ser que você se torne. Isso é fato.

Tentar ver as coisas com outro ângulo. Essa é a dica.

Fazer de uma obrigação um momento de prazer.
Já que você precisa fazer isso sempre, faça com prazer. Faça disso uma diversão, ou talvez nem precise tanto. O fato de você, senhor adulto, parar de ficar com cara fechada toda vez que tiver que ir no mercado, parar de reclamar toda vez que tiver que pegar um ônibus cheio, sorrir quando chegar em casa para a esposa ao invés de falar mal do dia, já mudaria e como mudaria boa parte do humor da sua vida, e junto o da sua família.

Um exemplo:
Essas mães que gritam demasiadamente com os filhos, que nunca tem um tempo para passar com eles, que quando estão com eles, estão sem paciência. Isso me frustra, mais muito! Nunca me falaram que ter filhos e cuidar de criança é fácil, e acho que nunca falaram para você também. Mas no momento que você passa a ter paixão por isso, que você entra no mundo da criança e se diverte com ela, passa a ser fácil sim, e mais do que isso, passa a ser prazeroso.

Eu digo isso, passando por fora, nunca tive responsabilidades e estresses assim para saber o quão chato tudo isso deve ser.
Mas eu vou seguir o conselho da minha tia sim senhora, mudança nessa parte da minha vida eu digo um grande e forte 'adeus', vou continuar sendo sorridente, feliz e alegre, mesmo que alguns ( leia-se : irmãs ) me chamem de criança por isso, e outros ( leia-se: amigos ) de idiota.
Prefiro realmente ser uma criança e uma idiota, a ser uma adulta.



Não, eu não fico rindo o tempo todo. Se estressar vez ou outra, chorar feito louca e irritar a amiga no telefone reclamando da vida às vezes faz bem também.

You Might Also Like

6 comentários

  1. HAHA, adorei amiga ! principalmente a parte dos amigos que te chamam de idiota, e de irritar a amiga no telefone reclamando da vida.

    ResponderExcluir
  2. sei bem como é isso... adultos frustrados é a citação chave... conheço muitos adultos casados que mesmo que briguem e talz, se amam muito... realmente pegou um pedacinho de geral... é bom ser criança... adoro também =D
    BEIJOS
    bom fds.

    ResponderExcluir
  3. Sei lá, acho que virar adulto não tem que ser sinônimo de ser sério, chato e frustrado. Dá pra continuar do mesmo jeito... Só tomando decisões mais sérias.

    ResponderExcluir
  4. ser adulto é muito chato, parece que é uma regra.. acho que é por isso que todo mundo me chama de infantil e idiota pq tento sempre levar as coisas mais na brincadeira, mas nem por isso sou irresponsável. nem ligo mais quando falam que não cresci, a vida já é muito difícil pra ser levado tão a sério..
    Ah, parabéns atrasado hehe

    ResponderExcluir
  5. Quero ser uma eterna criança. Quero ser sempre assim, como sou. Não quero perder minha essência. Adorei o texto e me identifiquei :*

    ResponderExcluir
  6. Também n quero ser adulto! eu acho que nunca vou ser adulto, esse é o problema, mas o pior de tudo n quero ser adulto, n vou ser adulto mas dizem que sou, por causa da minha aparencia, sou alto...
    Mas o pedro II foi pro ralo meu, sei lá, é inseguro demais!

    ResponderExcluir

Instagram